Página 188-189 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

186
187
Família Asteraceae
Synedrella nodiflora
(L.) Gaertn.
N.V.: barbatana, botão-de-ouro, corredeira, vassourinha.
Espécie herbácea anual que se desenvolve nas Regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste, Sudeste e no Estado
do Paraná. Vegeta em áreas ocupadas por cultura anual ou perene e áreas destinadas à fruticultura, a
exemplo dos cultivos de banana e cacau, onde suporta o sombreamento e forma uma densa cobertura
no solo. Hospedeira do fungo
Colletotrichum guaranicola
, que causa a antracnose no guaranazeiro.
Apresenta caule ereto a decumbente, com ramificação dicotômica. Ramos pilosos, ligeiramente quadráticos
e com nós bem espaçados. Folhas simples, curto-pecioladas, dispostas de forma oposta cruzada. Limbo
em formato lanceolado ou ovalado, pubescente e áspero em ambas as faces e com as margens serreadas.
Inflorescência do tipo capítulo isolado ou em grupo de 2 a 3, localizados no ápice ou na bifurcação dos
ramos. Capítulos cilíndricos, curtamente pedunculados ou sésseis, rodeados por 2 a 3 séries de brácteas
verdes parcialmente soldadas, que protegem as flores de sexo separado. Flores femininas ocupam a
periferia e apresentam a corola ligulada em tom amarelado, as do centro do capítulo são hermafroditas e
também com tonalidade amarelada. Fruto do tipo aquênio com 2 cerdas apicais originados no centro do
capítulo, e aquênio com alas originados na periferia do capítulo. Pode ser identificada em campo pelos
ramos levemente quadráticos, decumbentes ou eretos, sempre com ramificação dicotômica, acrescentando-
se a morfologia dos aquênios, que se apresentam alados e desprovidos de alas num mesmo capítulo.
Propagação por meio de sementes.