Página 164-165 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

162
163
Família Asteraceae
Parthenium hysterophorus
L.
N.V.: coentro-do-mato, fazendeiro, losna-branca.
Espécie herbácea anual com populações estabelecidas nas Regiões Centro-Oeste, Sudeste, Sul e no
Estado de Pernambuco. Ocupa áreas cultivadas, pastagens e margens de rodovias, o que facilita a rota
de dispersão, acrescentando-se ainda a precocidade reprodutiva da espécie. Ocorre com frequência em
cultivos de beterraba, cenoura, couve-flor e tomate, entre outros. Forma compostos alelopáticos que inibem
o desenvolvimento da alface. Hospedeira alternativa da lagarta-do-girassol
Chlosyne lacinia saundersii
e
de ácaros do gênero
Brevipalpus
. Planta apícola.
Apresenta caule verde, piloso, muito ramificado, anguloso, canaliculado nas porções mais velhas e
pouco tetrágono nos ramos novos. A ramificação superior tende a ser dicotômica. As folhas iniciais
das plantas são rosuladas, no entanto, assim que se forma o caule, inserem-se alternadamente. Limbo
piloso e profundamente recortado em numerosos segmentos, os quais quase atingem o centro; margens
dos segmentos também irregularmente recortadas. Inflorescência terminal do tipo capítulo, localizado
quase sempre nos ápices dos dicásios. Capítulos com longos pedúnculos encimados por um invólucro
de 5 brácteas verdes, onde se assentam numerosas flores brancas e de sexo separado. As femininas
localizam-se na periferia e destacam-se das demais por apresentar lígula trígona. As masculinas, com
corola tubulosa, reúnem-se no centro do capítulo. Fruto seco do tipo aquênio. Esta espécie assemelha-
se bastante com
Erechtites valerianifolius
,
que possui também folhas profundamente recortadas, mas
os segmentos apresentam-se com margens serreadas e os capítulos são oblongos, enquanto que em
P.
hysterophorus
as margens dos segmentos ainda são recortadas e os capítulos são semiglobosos. Propaga-
se por meio de sementes.