Página 150-151 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

148
149
Família Asteraceae
Hypochaeris chillensis
(Kunth) Britton
N.V.: almeirão, almeirão-do-brejo, almeirão-do-cafezal, almeirão-do-campo, chicória-do-campo, vento-me-leva.
Espécie herbácea, anual ou bianual e que se desenvolve nas Regiões Sudeste e Sul do Brasil, vegetando em
áreas ocupadas por lavouras anuais ou perenes, pastagens e margens de rodovias e estradas. Instala-se
em áreas olerícolas com cultivos de batata e cebola. Hospedeira do fungo
Podosphaera fusca
, responsável
pelo oídio nas culturas de abóbora e melão. Fornece néctar e pólen para abelhas-europa. Citada em outras
obras com o nome de
Hypochaeris brasiliensis.
Apresenta caule pouco desenvolvido, lactífero, o qual transporta folhas em número reduzido e as
inflorescências. Folhas sésseis dispostas sob a forma de roseta na base da planta, e folhas subsésseis com
filotaxia alternada helicoidal ao longo do caule. Limbo partido, ou seja, profundamente dividido em
segmentos que quase alcançam a nervura central. Inflorescência terminal do tipo capítulo, assentado
sobre longos eixos inseridos alternadamente no ápice do caule. Capítulos rodeados por um invólucro
de brácteas dispostas em 3 a 4 séries, as quais protegem as flores liguladas, hermafroditas e de coloração
amarelada. Fruto seco do tipo aquênio, coroado por papus plumosos. Assemelha-se com
H. radicata
, o
qual se apresenta acaule, folhas rosuladas e escapo que transporta apenas as inflorescências. Propagação
por meio de sementes.