Página 136-137 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

134
135
Família Asteraceae
Emilia fosbergii
Nicolson
N.V.: algodão-de-preá, bela-emília, brocha, falsa-serralha, pincel, pincel-de-estudante, serralha, serralha-
brava, serralhinha.
Espécie herbácea anual que se desenvolve em todo o País, vegetando em áreas com lavouras anuais ou perenes, áreas
destinadas à olericultura com cultivos de beterraba, cebola, cenoura e tomate, entre outras. Instala-se em pomares de
citros e goiaba, quadras de maracujá e cultivos de banana, mamão, manga e amendoim. Hospeda o
Tomato spotted
wilt virus
– TSWV –, transmitido por meio de tripes, que causa a mancha-amarela no abacaxi. Hospeda ainda o fungo
Verticillium dahliae
, que causa a murcha-vascular no tomate, berinjela, jiló, quiabo, morango e cacau. Fornece pólen para
abelhas durante todo o ano.
No início do ciclo, a planta consiste em uma roseta de folhas, de onde surge um caule curto, verde, carnoso, cilíndrico
e com intensa pilosidade branca. As folhas apresentam formas e disposição variada, as inferiores são desprovidas de
pecíolos, rosuladas, limbo ensiforme, ou seja, pouco ou muito estreitado na base e convexo lateralmente, cujas margens
vãodesde a ondulada, levemente recortada até serrada. As folhas do caule e dos ramos que carregamas inflorescências são
alternadas, possuem limbo sagitado ou lanceolado, com bases que envolvem parcialmente o caule, margens onduladas,
serradas ou serrilhadas. A inflorescência está constituída por um eixo principal que apresenta ramificação dicotômica,
onde cada ramo apresenta um corimbo de capítulos. O corimbo pode ser caracterizado por apresentar os capítulos com
pedúnculos de tamanhos diferentes, mas alcançam todos quase a mesma altura. Os capítulos são rodeados por um
invólucro de brácteas verdes, semelhante a um cálice, em número de 10 a 12, parcialmente soldadas, e que se rompem
na maturação para liberar os frutos. As flores do capítulo são hermafroditas, possuem o cálice transformado em papus,
representado por um tufo de pelos; a corola é tubulosa, pentâmera e de coloração vermelha. Os frutos de um capítulo
formam uma estrutura globosa, constituída por aquênios providos de uma coroa de pelos finos, sedosos e de coloração
branca. Assemelha-semuito com
E. sonchifolia
, no entanto, ambas apresentamsingularidades, a saber:
E. fosbergii
apresenta
capítulos comflores avermelhadas, já
E. sonchifolia
apresenta capítulos comflores róseas. Propaga-se pormeiode sementes.