Página 112-113 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

110
111
Família Asteraceae
Blainvillea acmella
(L.) Philipson
N.V.: canela-de-urubu, erva-palha, picão-grande.
Espécie herbácea anual que se desenvolve nas Regiões Centro-Oeste e Nordeste do País. Encontra-se
amplamente disseminada, ocupando áreas com lavouras anuais e perenes, hortas e pomares, entre outros
ambientes antropizados. Constatada como hospedeira do
Begomovirus
. Aparece em outras obras com o
nome de
B. rhomboidea.
Apresenta caule levemente achatado, verde ou completamente avermelhado, recoberto por pilosidade
branca e com ramificação em dicásio. Folhas opostas cruzadas, pecioladas e com o limbo romboidal,
ou seja, em forma de losango e recoberto por pelos em ambas as faces. As folhas superiores podem ser
ovaladas. Margens serreadas a partir da parte mais larga da folha, em direção ao ápice. Inflorescência do
tipo capítulo, distribuído por toda planta, ou seja, nas axilas dos pares de folhas, nos ângulos dos ramos
em dicásio e terminais. Capítulos longo-pedunculados, oblongos, margeados por numerosas brácteas
verdes que se tornam visivelmente paleáceas na maturação. Estão constituídos por flores hermafroditas
de posição central e flores femininas localizadas na periferia. Ambas as flores de coloração branca. Fruto
aquênio provido de 3 aristas do mesmo tamanho. Assemelha-se muito com
Calyptocarpus biaristatus
, a
qual apresenta as folhas com formato ovoide, e os aquênios são providos de 2 aristas iguais e uma terceira
reduzida. Propagação por meio de sementes.