Página 100-101 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

98
99
Família Asteraceae
Ageratum conyzoides
L.
N.V.: cacália-mentrasto, camará-opela, catinga-de-barão, catinga-de-bode, cúria, erva-de-são-joão, erva-
de-santa-lúcia, erva-de-são-josé, maria-preta, mentraste, mentrasto, picão-branco, picão-roxo.
Espécie herbácea anual que se desenvolve em todo o País, ocupando especialmente áreas cultivadas
com alho, cebola, cenoura e tomate. Considerando a cultura da cenoura, compete drasticamente após
os 25 dias, a contar da semeadura, chegando a reduzir a produtividade em até 88%. Ocorre também
em lavouras de banana, laranja e mamão. Hospedeira alternativa do
Begomovirus
do tomate, associada
à presença da mosca-branca
Bemisia tabaci
raça B. Abriga tripes das espécies
Selenothrips rubrocinctus
e
Frankliniella schultzei
, que atacam a cultura da manga. Hospedeira do ácaro
Brevipalpus phoenicis
, que
transmite o vírus da leprose dos citros. O desenvolvimento da espécie pode ser inibido por meio do
plantio do capim-limão,
Cymbopogon citratus
. Fornece recurso alimentar para abelhas. Partes da planta
são utilizadas na medicina popular e também como repelentes a insetos.
Apresenta caule ereto, de coloração verde ou castanha, recoberto por pelos brancos. Folhas pecioladas,
simples ovaladas, sendo as inferiores opostas e as superiores alternadas, com margem ondulada. Eixo
principal da inflorescência bem desenvolvido. Inflorescência do tipo corimbo de capítulos, a qual reúne
numerosos capítulos com pedúnculos de diferentes tamanhos. Cada capítulo é rodeado por brácteas
verdes e contém numerosas flores, cujo cálice é substituído por pelos e a corola apresenta-se tubulosa,
de coloração arroxeada ou lilás. Fruto seco do tipo aquênio. Propagação por meio de sementes.