Página 80-81 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

78
79
Família Apiaceae
Conium maculatum
L.
N.V.: cicuta, funcho-selvagem, salsa-brava.
Espécie herbácea a subarbustiva, bianual ou com ciclo mais prolongado e que se desenvolve nas Regiões
Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil, vegetando frequentemente em pomares domésticos e hortas,
entre outras áreas antropizadas. Foi introduzida no País acidentalmente, onde conseguiu estabelecer
populações que tendem a crescer. Partes da planta são utilizadas para extermínio de ratos, pois trata-se
de uma espécie extremamente venenosa, tanto para o homem como para os animais. Hospedeira de
nematoides do gênero
Meloidogyne
.
Apresenta caule ereto, cilíndrico, muito ramificado desde a base e recoberto por uma substância
pulverulenta branca, tornando-o ceríceo. Determinadas partes dos ramos revelam manchas pequenas,
de coloração avermelhada. Folhas muito desenvolvidas, alternadas, inseridas em nós engrossados,
pecioladas e com bainha larga. Limbo profundamente recortado até o nervo central, em segmentos de
até 3ª ordem. Segmentos triangulares também com margens recortadas. Inflorescência terminal do tipo
corimbo de umbelas, contendo numerosas flores. Umbelas compostas assentadas sobre eixos radiais que,
em seu ápice, possuem brácteas foliosas. Flores da umbela pedunculadas, cálice com 5 sépalas livres,
corola com 5 pétalas obovaladas brancas e livres, androceu com 5 estames e gineceu bicarpelar. Fruto
do tipo esquizocarpo nitidamente costelado. Assemelha-se muito com
Daucus pusillus,
o qual possui as
brácteas da umbela partidas e filiformes, e os frutos são percorridos longitudinalmente por cerdas duras.
Propagação por meio de sementes.