Página 60-61 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

58
59
Família Amaranthaceae
Amaranthus spinosus
L.
N.V.: bredo-branco, bredo-bravo, bredo-de-espinho, bredo-de-santo-antônio, bredo-vermelho, caruru-
bravo, caruru-de-espinho, caruru-de-porco.
Espécie herbácea anual que se desenvolve em todo o País, instalando-se em áreas hortícolas, a exemplo
dos cultivos de batata, tomate e cenoura. Aparece com frequência em pomares de laranja, lavouras de
banana, mamão, goiaba, manga e maracujá. Hospedeira alternativa do
Begomovirus
do tomate, associado
à presença da mosca-branca
Bemisia tabaci
raça B e de pulgões da espécie
Aphis gossypii
. A infestação
pode ser inibida por meio do plantio de milheto,
Pennisetum glaucum
e da crotalária,
Crotalaria spectabilis
.
Fornece pólen para abelhas.
Apresenta caule ereto, muito ramificado e de coloração verde ou avermelhada. Folhas simples, com
pecíolo em igual cor, limbo lanceolado com margem levemente ondulada ou inteira e com pequena
ponta no ápice. Inserem-se no caule alternadamente, onde aparecem 2 espinhos em cada axila de folha.
Inflorescência axilar e terminal do tipo espiga de glomérulos, com eixo principal avermelhado. As flores
são de sexo separado, ficando as masculinas nas pontas das inflorescências e as femininas na base.
Tanto as masculinas como as femininas são rodeadas por brácteas e 5 tépalas de coloração amarelada
ou esverdeada, ou até em tons róseos, as quais substituem o cálice e a corola de cada flor. Fruto seco
indeiscente. Propaga-se por meio de sementes.