Página 382-383 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

380
381
Família Euphorbiaceae
Cnidoscolus angustidens
Torr.
N.V.: mulher-má, urtica, urtiga, urtiga-de-espinho.
Espécie arbustiva, perene, subespontânea, que se desenvolve na Região Nordeste do Brasil, ocupando em
especial as áreas de fruticultura irrigada. As folhas servem de alimento para o mandarová da mandioca,
Erinnyis ello
.
Apresenta caule ramificado desde a base, ramos vigorosos, lactíferos e revestidos por tricomas urticantes
de coloração branca, retos e de base larga. Folhas simples com o pecíolo e as nervuras verde-claras a
brancas, recobertas por tricomas idênticos aos do caule. Limbo coriáceo e comnumerosos lobos demargens
irregularmente ondulado-denteadas e espinescentes. Inflorescência terminal e nas axilas das últimas folhas
do tipo dicásio, constituído por flores unissexuadas. Flores masculinas com 5 tépalas brancas e androceu
com até 10 estames. Flores femininas também com 5 tépalas soldadas na base e gineceu tricarpelar com
os estigmas bífidos. Fruto seco do tipo esquizocarpo. Pode ser reconhecida em campo por meio do látex
que exsuda de todas as partes da planta ferida, acrescentando-se a presença das estruturas espinescentes
urticantes de coloração branca, que revestem o caule e as folhas. Propagação por meio de sementes.