Página 380-381 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

378
379
Família Euphorbiaceae
Astraea lobata
(L.) Klotzsch
N.V.: café-bravo, mandioquinha, sangregão, velame.
Espécie herbácea anual que se desenvolve em todo o País, vegetando em áreas destinadas à fruticultura.
Ocorre com frequência em pomares de laranja e em áreas com cultivos de melão, onde compete por luz.
Hospedeira da mosca-branca
Bemisia tabaci
raça B, que transmite begomoviroses para as culturas de
tomate e repolho. Citada em outras obras com o nome de
Croton lobatus.
Apresenta caule verde ou ferrugíneo com pilosidade esparsa, ramos superiores dicótomos. Folhas
alternadas na base do caule e opostas na base do eixo da inflorescência, limbo profundamente recortado
em 3 lobos, margem dos recortes serreadas. Inflorescência axilar e terminal do tipo cacho, constituída
por flores de sexo separado. As femininas localizam-se na base do cacho e estão constituídas por 5
sépalas verdes e livres, as quais protegem o ovário verde trilocular e com 3 estigmas bipartidos, de
coloração branco-amarelada. As masculinas localizam-se no ápice do cacho, são de tamanho reduzido e
com pétalas branco-amareladas, as quais protegem os estames. Fruto do tipo cápsula. Diferencia-se das
demais espécies por apresentar a folha recortada em lobos distintos. Propagação por meio de sementes.