Página 342-343 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

340
341
Família Cyperaceae
Cyperus esculentus
L.
N.V.: batatinha-de-junça, cebolinha, junça, junco, junquinho, tiririca, tiririca-amarela, tiririca-mansa, tiriricão.
Espécie herbácea perene que se desenvolve em todo o País, formando grandes tapetes homogêneos em
áreas úmidas. Vegeta também em solos drenados das áreas ocupadas com horticultura, fruticultura,
pastagens, margens de rodovias e terrenos baldios. Trata-se de uma das tiriricas mais indesejáveis em
função do difícil controle.
Apresenta caules subterrâneos dos tipos bulbo, rizoma e tubérculos. O rizoma origina-se de bulbo e de
tubérculos. O bulbo origina-se de sementes e do crescimento do rizoma. O tubérculo origina-se a partir
do crescimento do rizoma. Folhas da base da planta rosuladas, em número de 3, lineares e quase do
tamanho do eixo principal da inflorescência, o qual possui forma triangular e contém no seu ápice até 6
brácteas, sendo 2 muito longas, uma mediana e as demais curtas, todas lineares. Inflorescência do tipo
espiga, de coloração castanha, inserida em aproximadamente 9 eixos secundários, sendo 4 maiores e os
demais menores. Flores numerosas, não vistosas, desprovidas de perianto, gineceu gamocarpelar com
estilete trífido, androceu com 3 estames. Fruto do tipo núcula. O número e o tamanho das folhas da base
da planta, bem como das brácteas assentadas sobre o escapo trígono e a coloração das espigas, permitem
identificar a espécie. Propagação por meio de sementes e pelas estruturas caulinares subterrâneas.