Página 340-341 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

338
339
Família Cyperaceae
Cyperus difformis
L.
N.V.: junça, junquinho, tiririca-do-brejo, três-quinas.
Espécie herbácea anual que se desenvolve nas Regiões Nordeste, Sudeste e Sul do País, instalada em
ambientes úmidos ou alagados, a exemplo das várzeas cultivadas. Instala-se ainda em margens e leito
de canais de irrigação e drenagem e margens de cursos d’água, onde forma populações significativas
em função da propagação facilitada e pelo curto ciclo reprodutivo. Ocorre em áreas hortícolas ocupadas
com inhame e em áreas irrigadas do polo de fruticultura do Nordeste.
Apresenta caule aéreo denominado de escapo, que pode chegar a 0,6 metro de altura, verde, glabro,
trígono e provido de sulco profundo e amarelado em cada lado. Folhas da base da planta trísticas, verdes
e menores que o eixo da inflorescência. Escapo encimado por 3 brácteas verdes e coriáceas, sendo uma
muito longa, outra mediana e a terceira muito curta, não ultrapassando a altura da inflorescência. Pode
ocasionalmente ocorrer uma quarta bráctea tambémde tamanho mediano. A base das brácteas apresenta
pigmentação avermelhada. Inflorescência terminal do tipo espiga, originada do centro do invólucro das
brácteas e nas axilas. Espigas em formato globoso a cilíndrico, em número médio de 6 a 8 por planta e
possuindo coloração amarelo-pálea, acastanhada, passando para castanho-escuro na maturação e estando
constituídas por numerosas espiguetas dispostas frouxamente ao redor do ápice do raio. Espiguetas
hermafroditas, cujo androceu possui de 2 a 3 estames e o gineceu apresenta estigma trífido. Fruto do tipo
núcula. Assemelha-se muito com
C. rigens
, o qual apresenta rizomas lenhosos e de superfície irregular.
Propagação por meio de sementes.