Página 324-325 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

322
323
Família Convolvulaceae
Merremia dissecta
(Jacq.) Hallier f.
N.V.: amarra-amarra, campainha, corda-de-viola, corriola, jetirana, jitirana
Espécie herbácea anual que se desenvolve em todo o País como planta espontânea ou cultivada, em
função dos atributos ornamentais que a planta oferece. Mais rara na região Nordeste do Brasil. Ocorre
com frequência em áreas ocupadas com olericultura. Fornece recursos alimentares para abelhas-europa.
Apresenta caule do tipo trepador volúvel, muito ramificado, cilíndrico, verde ou com pigmentação
avermelhada, revestido ou não em toda a sua extensão por intenso indumento de pelos rígidos. Folhas
alternadas, pecioladas, pilosas na face inferior e com o limbo recortado em 5 lobos desiguais, podendo
ainda os 2 lobos basais apresentar-se recortados, todos com margens irregularmente serreadas.
Inflorescência do tipo dicásio, constituído por poucas flores. Flores pedunculadas, cálice persistente no
fruto e com 5 sépalas soldadas e oblongas, corola com tubo reto, largo e 5 lobos sinuosos, de coloração
branca. Androceu com 5 estames e gineceu com estigma bilobado, inclusos no tubo. Fruto seco do tipo
cápsula orbicular, achatada na base e levemente estreitada em direção ao ápice, rodeada pelas 5 sépalas
glabras e oblongas. Esta espécie diferencia-se das afins pelamorfologia da folha, que se apresenta recortada,
porém, os recortes não atingem o ponto de inserção do pecíolo. Propagação por meio de sementes.