Página 228-229 - Manual de Identificação de Plantas Infestantes - Hotifrúti

Versão HTML básica

226
227
Família Boraginaceae
Varronia leucocephala
(Moric.) J. S. Mill.
N.V.: moleque-duro.
Espécie arbustiva perene que se desenvolve na Região Nordeste do País, vegetando em ambientes de
capoeiras do bioma caatinga. Facilmente encontrada em áreas cultivadas, a exemplo daquelas ocupadas
com fruticultura irrigada. Recomendada para uso no paisagismo.
Apresenta caule de base lenhosa, muito ramificado, ramos novos cilíndricos e revestidos por indumento
tomentoso acinzentado. Folhas simples, alternadas helicoidais, pecíolo grosso que dá origem a nervuras
também engrossadas e amareladas. Limbo lanceolado de base atenuada e ápice frequentemente obtuso,
textura carnosa, pubescente em ambas as faces e com as margens irregularmente ondulado-serreadas.
Inflorescência terminal do tipo capituliforme, constituída por numerosas flores grandes e vistosas.
Flores sésseis, cálice muito menor que a corola, contendo 5 sépalas soldadas, corola branca com 5
pétalas soldadas, formando um tubo longo e largo, androceu com estames de filetes e anteras brancas e
gineceu bicarpelar. Fruto do tipo núcula. Pode ser identificada em campo pelo porte arbustivo e muito
ramificado, acrescentando-se as folhas volumosas e carnosas, e pelas flores brancas e vistosas, reunidas
em inflorescência globosa. Propagação por meio de sementes.