• FMC News
Notícias
Comentários Deixe seu Comentário
Compartilhar esta notícia Email Compartilhe no Facebook Twitte isso Compartilhe no Orkut
  • 24/02/2015 7h54 - Atualizado em 24/02/2015 à 0h0
  • Contra a Seca: FMC lança inoculante biológico Nemix C no Brasil

Como resposta à crise hídrica que afeta principalmente os canaviais da Região Sudeste do Brasil, a FMC anunciou o lançamento do inoculante biológico Nemix C. Trata-se de um produto altamente concentrado, que promove a sanidade e o crescimento da raiz formando um biofilme que funciona como uma espécie de barreira física e química para a planta.

O gerente de Inovação e Tecnologia da FMC, Giuliano Pauli, explicou as vantagens da nova tecnologia: "Com o Nemix C, os Bacillus Inteligentes protegem e promovem o desenvolvimento das raízes, além de otimizarem a absorção de água e nutrientes. Uma proteção viva para o canavial que complementa nosso portfólio e integra o manejo no canavial". Pauli afirma que é um produto flexível, de alta eficácia e com perfil toxicológico favorável.

O especialista Wilson Novaretti defende o controle biológico de nematoide em cana-de-açúcar. "É o que causa mais dano na agricultura, pois é uma praga microscópica. Com testes realizados e resultados que comprovam um incremento de produtividade, acredito que o manejo com biológico também seja uma importante ferramenta para controle de nematoides e com grandes perspectivas para o sucesso", destacou.

Responsável pelo Desenvolvimento de Mercado da FMC, Leonardo Brusantin apresentou os ensaios realizados nas fazendas com o produto. "A solução possibilita incrementos de até 30% na emissão de raízes em toletes tratados com a tecnologia, além da emissão de mais rápida de brotos. Ensaios realizados em diferentes regiões comprovam que Nemix C apresenta consistente aumento de produtividade em cana-de-açúcar com incrementos de 14,5% em média, trazendo ganhos de 11,8 toneladas de cana por hectare. Queremos facilitar o dia a dia do produtor, possibilitando um manejo completo, com soluções eficientes que aumentam a rentabilidade e produtividade no campo.", comentou Brusantin.